PÓS-VENDAS SERIGY

Manual de Garantia: o que está coberto ou não pelo manual?

Quando adquirimos um veículo, é necessário estarmos sempre atentos a qualquer tipo de sinal. É nessa hora que devemos ter cuidado em avaliar o tipo de conserto que será necessário fazer e se está coberto pela garantia.

MAS, QUANDO COMEÇA E QUANTO TEMPO DURA MINHA GARANTIA HONDA?

A garantia começa a entrar em vigor a partir da data de venda; essa data deve estar registrada no Certificado de Garantia. Ela é concedida desde que sejam executados os serviços de manutenção estabelecidos pelo manual. É importante manter o manual guardado em local seguro e sempre apresentá-lo quando seu veículo for encaminhado para a realização de serviços.

A Honda garante o veículo dentro do território nacional, por um período de três anos e sem limite de kilometragem (exceto os itens descritos nos Termos de Garantia), já englobando a garantia legal de 90 dias, prevista pelo Código de Proteção e Defesa do Consumidor. Isso vale desde que as revisões sejam realizadas também na Rede Autorizada Honda.

O QUE ESTÁ COBERTO PELA GARANTIA?

A garantia abrange os reparos necessários decorrentes de falha de material, montagem ou fabricação; As peças (exceto as que estão relacionadas como excluídas da garantia) reconhecidas como deficientes ou defeituosas serão substituídas gratuitamente em qualquer concessionária autorizada da Honda. Mas lembre-se: quando constatar alguma irregularidade no veículo, comunique imediatamente a uma concessionária autorizada Honda! As revisões, reparos e/ou trocas de peças, devem ser feitas em uma concessionária autorizada Honda.

Essas irregularidades não devem ser resultantes de desgaste natural de peças, utilização inadequada, acidentes de qualquer natureza, inatividade prolongada ou manutenção negligenciada. Senão, invalidade a cobertura da garantia!

QUAIS ITENS NÃO SÃO COBERTOS PELA GARANTIA?

– Manutenção: As despesas referentes à reposição de itens de manutenção correrão por conta do proprietário. São considerados itens de manutenção os seguintes componentes ou produtos quando aplicados ou substituídos nas revisões periódicas:

  • Filtros em geral
  • Lubrificantes, fluidos e aditivos em geral
  • Velas de ignição, mangueiras, correias, pastilhas e sapatas de freio
  • Juntas, elementos de vedação e fixação.

– Desgaste natural: Componentes que sofrem desgaste natural em função do uso, deverão ser periodicamente substituídos, de acordo com a Tabela de Manutenção Preventiva ou conforme avaliação das Concessionárias Autorizadas Honda. Estes componentes estão cobertos pela garantia legal de 90 (noventa) dias para os problemas decorrentes de defeitos de peças, fabricação ou montagem. Após este período, todas as despesas são de responsabilidade do proprietário. São considerados itens de desgaste natural:

  • Conjunto da embreagem (disco, platô, rolamento)
  • Amortecedores, molas e batentes
  • Buchas e batentes da suspensão
  • Discos e tambores de freio
  • Fusíveis e lâmpadas
  • Palhetas e limpadores em geral
  • Pneus
  • Rolamentos em geral
  • Itens de borracha em geral
  • Revestimento, tapetes, forrações e outras peças de mesma natureza
  • Escova do motor (partida e alternador)
  • Falha dos sistemas de controle de emissões e de combustível causadas por alterações, acidentes, uso inadequado ou utilização de aditivos não incorporados à gasolina, além do uso de gasolina com especificação dispascordante da estabelecida pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) para uso automotivo, incluindo-se contaminação ou adulteração.
  • Falhas ou danos devido à utilização de lubrificantes, combustíveis, fluidos ou gases não especificados neste manual.
  • Pneus: Impactos em obstáculos, buracos, guias ou sarjetas podem ocasionar cortes e rompimento dos cordéis internos do pneu ou das paredes laterais, inutilizando-o. Os primeiros sintomas destas avarias são: esvaziamento imediato, estouro ou surgimento de bolhas nas laterais dos pneus.

Estas avarias não são causadas por defeitos, mas pela utilização imprópria. Portanto, não são cobertas pela garantia. Mesmo quando os pneus, dentro de sua vida útil, forem mantidos com a pressão correta e alinhados/balanceados corretamente, produzem um ruído característico durante a condução, o que é considerado absolutamente normal.

  • Balanceamento e alinhamento das rodas e pneus, desde que não necessários como parte de um reparo em garantia.
  • Carga de Bateria.
  • A articulação e o mecanismo de direção, em condições de superfícies irregulares, podem apresentar características diferentes das apresentadas em superfícies planas, sem comprometer a segurança e dirigibilidade do veículo.
  • Odores no sistema de ventilação e ar condicionado causado pelo acúmulo de fungos no evaporador.
  • Obstrução dos dutos de ventilação e de drenagem de água causados por folhas, poeira, insetos, etc.
  • Danos causados por pedras, granizos, cavacos, dentre outros da mesma natureza.
  • Danos causados por condições ambientais, fenômenos da natureza e/ou uso de produtos não recomendados.
  • Vidros danificados, trincados ou riscados por agentes externos.
  • Defeitos provenientes de acidentes ou abalroamento de veículos.
  • Manchas, deformações e/ou perfurações em revestimentos, forrações e tapetes oriundos da ação de agentes externos.
  • Prejuízos ou despesas decorrentes de: custos com transporte, hospedagem, refeição, hospital e atrasos, dentre outras da mesma natureza.
  • Pintura quanto o desgaste e ataque de agente externo.